Grandes Susseços da Cover [Cover Memória]

NOVELAS

Novela das oito, da TV Salt CoverTíckete Tudo – Mancada federal, esquecemos um dos nossos maiores sucessos!!! Escrita pelo tchecoslovaco Gilberto Praga, retratou os questionamentos e as inquietações de uma época inesquecível da história deste país. Além de ter enchido os pacovás de quem queria ver o Fuxico Anísio Shou ou o TV Hirata, que só iam depois de 2 horas e meia de capítulo. Nem me lembro o que aconteceu, só sei que foi nessa novela que mataram a Ofélia Rottweiler…

Cop ModelCop Model – A trama estrelada e pochê por Gisele Bíndxem, em seu primeiro papel na TV, movimentou todo o Brasil, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela e Ilhas Fiji! Aqui, Gisele é Duda Lírou, ex-ajudante de palco de programa infantil que decide mudar de vida e realizar seu verdadeiro sonho, ser uma policial! Muitos confundem esta novela com a minissérie A Gusticeira, feita uns 10 anos depois…

Pájaros Heridos – Muitos criticaram a primeira novela dublada a ser exibida na Cover, em 1974. Mas nunca deixaram de a assistir até depois da “bolinha”*.
Uma interpretação magistral de Richard Clêiderman, com participação especial de Toshiro Mifune e Zé Trindade, além de Wilton Gonsalves, claro (de cada 100 filmes lançados no mundo, Wilton está em 99,5 deles. Para poupar trabalho, nos geradores de caracteres da Cover, ao se pressionar Alt+F10, o aparelho escreve “Wilton Gonsalves”.)  Milhares de pessoas choraram e deram à Cover o zérimo lugar de audiência, com picos de 70ºC, mesmo com esse dramalhão do caramba.

Logo da novela quando foi exibida nos Estados Unidos...A Escrava Rosaura – Uma história imortal, escrita por Cid Shêiqspír (e mais tarde, readaptada pela Trisney umas quinze vezes em desenhos e filmes, mas fica quieto). Uma novela que varreu o mundo, e graças à ela, Rosélia Santos (Rosaura) não consegue andar pelas ruas da China. E Rubens de Falcon (Zeca Urubu) não conseguiria ir na padaria da esquina tomar um pingado chinês. Até hoje. 46 anos depois. A novela foi vendida para 374 países, incluindo República Centro-Africana, Liectenstein, Sealand e Vaticano. E para o desespero dos fãs de legendagem, dublada para 875 idiomas, incluindo 48 linguas mortas e 17 línguas artificiais (a versão em Ido é primeiro lugar de audiência no Turcomenistão!).

A Próssima Fítima – Uma trama, ou uma Som Preso, de tirar o fôlego. Como diria Ritchie, a novela com suspense do início ao sim. Um monte de gente está morrendo. E há uma ligação entre essas pessoas que pode complicar ainda mais as coisas, aumentando ainda mais a conta telefônica da novela. Bem, pelo menos naquela época ainda era com a Telesp, na qual as ligações se completavam e tinham um precinho camarada. No final, se descobria que Mamma Brusqueta era interpretada por Dart Vêider.

Soda de Fogo – O industrial Atlas Villares (em brilhante interpretação de Marcísio Teira) tem sua vida transformada depois que descobre que sua vida estaria sendo parodiada em um programa de humor, o TV Hirata. O que lhe causa uma grande dor de cabeça. Grande, eu disse? Enorme, imensa, a ponto de fazer ele endoidar de vez e tentar afogar as mágoas  em drinques inimagináveis, daqueles que o barman tem que usar luvas. A novela foi um sucesso… para as indústrias de bebidas, que venderam como água, digo… Ah, e também para a indústria do cigarro, graças ao sucesso do personagem Habano (Osmar Joana Prado), que fumava feito uma chaminé e era um cara polêmico, porquê nunca saia  com sua namorada sem chamar pelo menos mais três caras para xavecá-la, enfim, um grande sucesso na tela da Cover.

Novela Rocky Santeiro, da Salt Cover
Rocky Santeiro – Novela escrita por Dias Goma. Um lutador de boxe vem para o Rock in Rio assistir o Qüím, vira segurança do evento, até que é pisoteado quando um alarme falso diz que Braian Mêi estaria em um banheiro químico, ao lado do percussionista Buçunda. A multidão de 750.000 pessoas atropela Rocky, que acaba canonizado, anos depois, devido a uma série de roqueiros que teriam alcançado graças através dele. Enfim, uma novela com tipos bem regionais, que cativaram o gosto do público brasileiro, e que teve média de 98 pontos de Ipobre e 132% de Datanexus (eu avisei que esse aparelho não tá funcionando direito!)

Milu - Novela das 6, da Salt Cover

Milu – A Cover inovou mais uma vez, e fez a primeira novela protagonizada por animais do mundo!! Milu é uma cadela sã-bernarda labrador terrier monumental colossal and astonishing hound de 1,50 de altura (quando de quatro) e 100 quilos que dorme em um galpão (interpretado por um dos antigos estúdios da TV Ecélsior) e é adotada pelos moradores de uma vila. Alguns não vão com a cara dela, por ela comer 200 quilos de carne toda semana, e por isso planejam exterminá-la, mesmo que ela seja uma lindeza, sabe-se lá como, mas é. No entanto, Milu é defendida por Bel (Louise Honey, na vida real também uma grande defensora dos Kikos Marinhos), uma orfã que mora em um orfeão (uma casa totalmente sustentada por crianças que não trabalham, inventada por Roberto Gomez Bolaños em sua obra “Chiquinha”) e considera Milu uma super-heroína quadrúpede, um rintintim em cores e que deixa pegadas de 12 cm. de largura (isto é muito importante, frisou o produtor Valter Clark Griswold). A novela foi um sucesso, mesmo com a protagonista sendo interpretada por 4 cães, sendo dois deles machos. Mas sacumé esse meio de televisão, ninguém percebeu………
A novela foi escrita por Walcyr Gimenez, e o nome da novela é derivado das filhas de Walcyr, Milene e Luciana. E para se inspirar para os roteiros sem abusar dos “atores”, Walcyr observava os pumas no zoológico.

Ah, cadê o maior sucesso de todos os tempos da última semana? Calma, estavamos deixando o melhor para o final…

Tapanakara - Novela de grande sucesso da TV Salt CoverTapa Nakara

Ninguém acreditava que uma novela tão conservadora e tão sheiqspiriana iria fazer tanto sucesso, mas fez. Escrita por Vaudemiro Santiago e Cris Loira, a novela varreu a América do Sul de ponta a ponta, deixando estragos irreparáveis. Uma novela de época passada na época atual, Tapa Nakara revolucionou o linguajar, os costumes e as escolhas de toda uma geração. Mais do que a Pepsi. Um núcleo nipo-japonês foi retratado com tamanha fidelidade que a novela foi toda fansubada por fãs japoneses. O tema da novela passou a ser cantado por Akira Jageyama e até hoje é um hino que emociona os fãs em convenções de animè da vida real.
Gervásio
(Acauã Azambuja) é fã do anime Raimun Sama no Sensei o Dojo, exibido na TV Turfe, e se entusiasma ao saber que o dublador de seu personagem favorito, Álvaro Borges (Rogson Norberto), estará em um evento de fãs de animè feito no colégio onde ele estuda! Nesse local, ele conhece a cosplayer Elizângela (Bia Beatriz), que está como Kashiruda (personagem fundamental em Raimun, daquelas que o pessoal dá pause e câmera lenta quando aparece, além de capturar JPGs e GIFs.)

Os dois se apaixonam, sem saber que Álvaro é pai de Elizângela. Mas Gervásio é um rapaz à moda antiga, à fim de relacionamentos duradouros, intensos e definitivos! Do tipo “eu escolho você, Picatxú!”. Porém, Gervásio tem um pequeno choque ao descobrir que Álvaro é, no fundo, um homem ambicioso, que sonha em ter um estúdio de dublagem próprio… e conta, para isso, com a ajuda do dekassegui Kazuro (Lásaro Lorosa), integrante da máfia japonesa e laranja em uma distribuidora de filmes de fachada, cuja função é trazer séries completas em DVDs direto do Japão. Ou da Coréia do Norte. Sei lá, qualquer lugar que tenha um vídeocassete e um fã com 500 fitas do lado.

Gervásio entende que Álvaro vai mais com a cara de Kazuro do que a dele. E isso porquê Álvaro não sabe que um dos chefões da máfia (S.C. Nohara, em intrepretação magistral de Ciro Takeshini) está de olho em Elizângela Borges, para fazer dela uma concubina gaijin! Oh, e agora, quem nos poderá ajudar? Para discutir a situação, Gervásio abre um blog, um vlog, um flog e duas comunidades no Orcoot, além de se inscrever no nipo-judaico Fórum Renshim Digital. Ele resolve pensar como os próprios japoneses, que tomam decisões pessoais após consultar a galera, os mestres, os antepassados, as placas e os universitáriosaммм.

E será que ele se dará bem? Bem, quem se deu bem foi a Cover, que alcançou um sucesso inacreditível com esta novela. Com a novela na reta final há pelo menos seis meses, acabamos de lançar o papel higiênico Tapa Nakara, as figuras de ação, enfim, o caramba á quatro. A audiência é primeiro lugar absoluto. E nas emissoras rivais, programas como Falando Destrambelhadamente e Atualizadéééérrima, meu bem só falam sobre Tapa Nakara. Isso fora jornais como a Gaveta Mercantil e o Estragão. Tapa Nakara ainda está no ar, mas já é exibida em 7 países! Em Portugal, a novela se chama Tapanaface. A TV Tolteca e a Rai Trè estão nos azucrinando com propostas trilionárias para fazerem remakes dessa novela, mas mesmo com a gente não deixando mudar os nomes dos personagens e a trilha sonora, eles não desistem! Homessa!!
___________________________________________
* Bolinha – Gíria que representa o logotipo que aparece no final dos créditos (“Realização, Central Globo de Produção”), marcando o final dos programas da Globo. Parece ser uma gíria interna deles, só ouvi uma ou duas vezes, mas a adotei para a Cover.

Vega Veja mais: Programas de auditórioDesenhos e Animados .

7 Respostas to “Grandes Susseços da Cover [Cover Memória]”

  1. Hamilton março 24, 2008 às 10:33 pm #

    estou sentindo falta de Tim & Tom, o desenho animado mais sensacional que já vi!

  2. igorcbarrros março 25, 2008 às 1:46 pm #

    Opa! Ainda não chegamos nessa parte, aguardemmm…

  3. Fernando Noronha de Lara Mota outubro 14, 2008 às 7:42 pm #

    Atualmente estou assistindo Zas! Zas! Chaves! na Cover Kids. É muito ótimo!

  4. Thatha Pink maio 4, 2009 às 8:47 pm #

    eu Amooooo A Salt cover!!!!
    manda a ver igooorrr!!!!

  5. jonathas dezembro 22, 2009 às 3:52 pm #

    A propósito, é bom esse Qüím, hein?

    > Pois é, embora seja um pouco difícil de entender quando os quatro integrantes cantam juntos…

  6. Karol março 19, 2010 às 12:41 pm #

    Passaros feridos hahaahahahahaaa

    > OK. Pedimos aos nossos telespectadores que sejam um pouco menos lacônicos, os comentários estão sendo considerados como spam. Obrigated!

  7. GABRIEL abril 25, 2010 às 11:15 am #

    Na minha fita de video tenho varios
    videos da salt cover
    tamb em descobrir que a sat cover,e uma piada ñ tem tv aberta
    a salt cover
    tem humores engrassados e piadas leves
    ÇERVISSO salt cover Lenbrese

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: