Arquivo | maio, 2008

O que rola nos estúdios da Cover

30 maio

Um blog de meia tigela que existe por aí mostrou mapas dos estúdios de um monte de emissoras, mas não mostrou os estúdios da Salt Cover! Por isso, resolvemos satisfazer a curiosidade dos telespectouvintes, o que fará muito menos gente ficar importunando os nossos seguranças (os dois, para todas as emissoras próprias). Clique nas imagens para ampliar, e simbora maestro! Tudo começou no PROMOO, o Projeto Mooca, usado até 1979:

As instalações eram amplas e confortáveis… para as crianças, que frequentavam os programas infantis daquela época. E que não tinham o problema que você ou o seu pai que nasceu nos anos 70 tivemos, de ter que usar tênis da Casa Euriko, porquê os que tinham no mercado era tudo pra anão.
Em julho de 1979, Samir se toca e compra outro lugar bem longe dali. Nasce então, o Projeto Klabin.
Projeto Klabin
No PROKLAB, os estúdios são tão amplos que nem dá pra escrever no mapa que programas foram gravados neles. A maior parte são telejornais, mas no estúdio P, um programa educativo marcou época: o Telecurso Ester Uíliams de natação! E o estúdio L foi, durante muitos anos, o menor estúdio de TV do mundo. Era para ser uma cabine de locução, mas os locutores adoravam aparecer, então… E no estúdio K foram gravadas algumas das melhores cenas da novela Milu (veja a página “Grandes Susseços da Cover”).
E sentiu-se a necessidade de uma nova central de produção. Para isso, foi comprado um terreno de  38 metros quadrados na Zona Sul (mais precisamente em Marsilac, joga no Google Maps, bem!) mais algumas coisas vizinhas. E desde 1995 temos o nosso inenarrável PROFEV:
PROFEV, a fábrica de sonhos! DE, porquê DOS nossos sonhos, nem morto!O povo está contente, o povo está feliz, liga na Cover e ainda pede bis! A mudança de qualidade ficou evidente: agora a Salt Cover tem qualidade comparável a de grandes emissoras, como a CNT, sintonizadas no televisor da sua sogra depois que ele caiu do caminhão de mudanças! O estúdio “CP” é dotado de auditório, cujas cadeiras, no entanto, são desprovidas de encostos, é que nem aquelas cadeiras nos postos do INSS.
E ainda, a exclusiva ligação via cabo RCA 2×2 até o Estádio de Várzea Prof. Raymundo Nonato garante a realização de grandes eventos, como a festa dos 2 meses e meio do programa Dadá & the Crazy Command!
Então é isso aí, você ficou conhecendo os nossos estúdios. Então, larga de ficar vendendo balinhas de Iorgut e chocolates “Suflê” na porta, que assim tu não entra não, bixim, tem é que retirar o convite debaixo da porta 2 horas antes!! Sylvia Guarujá, do PROFEV, para a Salt Cover.

Anúncios

Horjemte! Artista de circo resgatado do encanamento de sua casa!

29 maio

Aramis Gerdall, 23, o popular Palhaço Arame, do Circo Luisão, foi resgatado ontem, as --:-- AM do encanamento de sua residência, na Vila Bruno Mazzei. Famoso pelo peso incomum (28 quilos), Arame preparava um novo número, com 3 dígitos, e afirma que teve a idéia ao assitir ao seriado Chaves, onde Sel Madruga limpava mangueiras de jardim por dentro. “Mangueiras não, aquilo nem o meu braço entra lá dentro, mas pô, eu quando tomo banho, tenho que ficar me mexendo, senão os pingos não acertam nimim, e se o ralo não estiver com a grade, sem chance, véi. Então arresolvi, de uma hora assim pra outra, tentar desentupir o encanamento. O chato foi lavar o cabelo, dispois”, diz Aramis, dono de um belo Black Power. Ele entrou pelo ralo, tirando a grade e pulando como faziam os perdedores daquele programa Roleta Ruça, mas acabou preso em um entroncamento triplo com a rede da área de serviço, daonde foi removido pelo Porco de Bombeiros e pela ÇABESP logo após eles clicarem com o botão direito no ícone e escolherem Eject. “Então, eu pude ser removido com segurança”, diz Aramis, a mais nova lenda viva na cidade. “Infelizmente, o meu campo de trabalho está extremamente restrito. Antes tinha o Ratinho, agora eu só tenho o Balaço Geral, Sorra Total, Tudo é Impossível, Guíness, Cântico na TV , STB Repórter e aquele programa de pegadinhas que passa de tarde, com aquela repórter loira.”  Com informações de Emerson Ayrton e Tiger Wolfe, Maria José Sarney para a Salt Cover.

Okay, okay! Hrrrrolllbadas pééérolas de Eb Kamargo!!

28 maio

Eu quero aumento, mas não me emendo! A lenda viva da TV brasileira, Eb Kamargo y Luciano, teve suas pérolas rolbadas semana passada. Ou na semana rrretrasada! Ou foi em 2005?… Aseilá! Em sua casa dela, que  se lhe pertence a si mesma!
“Né brinquedo não! Estou, tipo assim, arrasada, menina… Inshalá! Tenho que me virar com as, superrr, gloriosas, ô loco meu, pérolas dos outros, enquanto não acham as minhas, ha háee!”, diz a apresentadora. “Mizifi, nem sei como aconteceu, só sei que uma galerinha da pesada aprontou altos agitos pra fazer a maior roubada! Tá sendo difícil, da potrona, o pessoal vem aqui e rrroba! Rrroba! Rrroba! Justamente. Olhaaaa, mas confio muito no trabalho dos tiras, eu acredito demaaais nessas coisas, úhúhúhúhú…”
Então, o TV Fuma faz o apelo: PellamordeDeus, devolvam as pérolas de Eb, pelo bem da tevê brasileira! Okay, okay! Istoéééééé… Emerson Ayrton, para a Salt Coverrrrrrâ!

Vem aýýýý… A nova novela da Cover!

12 maio

Bandidos e vilões de novelas, tremei! Depois de Tapa Nakara ter revolucionado usos e costumes tanto quanto aquele passarinho amigo do Snoopield (acho que se chama Lolapalúsa, não me lembro bem) e estar fazendo o maior sucesso na TV Asahi de Frango, a próxima novela da Cover vai dar o que calar!

Caminhos da DecoraçãoVágner e Cílvia são donos de duas lojas de móveis concorrentes, separadas por uma grande rodovia. As lojas travam batalhas homéricas (e porquê não dizer, margéricas) na televisão. Quem ganha com isso são… hã… o pessoal do Chope Tour?… Sei lá. Mas o que os dois não sabem é que a revolução maior estaria por vir. Experiências da Universidade Golimar de Paula, uma faculdade particular que fatura mais sediando eventos de animes, estão desenvolvendo móveis inteligentes, que, além de inteligentes, são realmente capazes de se mover…  É aí que entram em cena Káder, a cadeira, Sopha, o sofá, Polthro, a poltrona, e Puffo, o pufe! Que, juntos, começarão uma revolução silenciosa que poderá mudar os rumos da humanidade, principalmente com ela sentada em cima deles!
Não pêrda, em breve (*risada do Nelson dos Címpesons: há, há!*), na tela da Cover!

Moradores de rua ganham mais moradia

10 maio

Acaba de ser enal onog inuç inal coisada a nova Ponte Estalada Otário Fritas de Azeitona, na Marginal Dinheiros, em Palm… digo, São Paulo. A nova ponte comporta 2700 veículos por hora e 750 moradores por noite, todos contando com uma completa infraestrutura de iluminação pública feita através de LEDs Zéppelins. Com eles, a ponte terá 16 zilhões de cores a mais do que o [ca]olho humano pode enxergar de olhos fechados, além de ficar um arravo em “ocasiões importantes para o folclore nacional e a cultura brasileira“.
Apesar disso, as opiniões sobre a ponte estão divididas. “Vig marí. Mais um lugar para as pessoa morar debaix. Mai essa prefeitur é tudo de bãom”, afirma o catador de papel Zezão Carvalheiros de Alburquerque Moraes de Mello e Brito. “É lind essa pôn. Línd!”, afirma. Zezão também credita as críticas que fazem à obra a “rurgs puon, que espõe a rerks twuturais”. Em Bento Gonçalves, o diretor da RURGS, Zippy Sboczderpudsson, rebate: “Bá, mas nada, tchê! Posso falar pra ti, que não expomos as rerks. Devido a twuturalidade delas, elas correm o risco de serem cwesgorzadas! E com o tempo, a schnipelmorização pode asdrubinar ainda mais.” (Peraí, mas não estamos falando da inauguração de uma ponte?!)
Tem razão, diretor. A ponte é MARA. MARA !!! Losé Juiz Dapenas, para a Salt Cover.

Projunciamiento ophírriall!

7 maio

Debido a los recientes aconticimientos que aconticeron en Brasíl, el Grupo Salt Cover declara a los debidos fines queeeee:
1) No hubo una tiercera persona en el apartamiento de Doroty Steng! No habia tiempo para ella subir desde el carro del Jonaldo Phenomenon yunto con los trabéstis.

2) Tampoco jugamos a la boñeca desde la rranela del apartamiento de Paulito de la Fuerza. Esta se rrogó por su propria y espontánia voluntad! Yo rrúro, por mi madrecita que está en el cielo!!!

3) No fumos nosotros que colocamos el bidéo de Don Jonaldo esmurrando la cámara en el Jutub. Solo utiliçámos el Videoluegue, Brightcueva y el VuedPued!! No se misturamos con esa chusma!

4) De la misma fuerma, no es berdad que doña Andréa, el trabésti, desbió vierbas del BÑDÉS hasta pagamientos de tapihuecas con su cartón corporáctivo! [EDICT: E también no le ofiricemos un papelo en la ñovela de las siete para que retirase sus quejas!! Qué esso! Era en una minisérie!…]

5) No minos importánte, rechaçámos las tentatibas de bloqueo de los teléfonos celulares de la Wuerdpruess!! Quién ama no bloquea!! Ya quebré todo mi celular de la Bluêger!

6) Y por derradero, apoyaremos las actitudes del prográma ÇQS hasta las últimas consecuéncias, en nombre del humor sano y engraciado de esta nacción! Pombas, alguién ten que apojárlos, nô?! Yo me mirré en las calzas de tanto rir con la entrebista, no ria tanto desde que pasávamos el Xaspolin Coloruedo!…
Y tengo dicho! Cristián Cover, director-presidente de la rrólding Salt Cover Incomplete, directo de su Jacht Clâb en las Islas Gregas, hasta la Salt Cover.