Arquivo | Coberturas Especiais RSS feed for this section

Kaos, kaos! TKTCAAAHHH…

28 set

A linha 3 do Retrô de São de Janeiro é a mais movimentada da Via Láctea. Estima-se que pelas 4 estações e meia, espalhadas em uma rede de mais de 12 metros, passem mais de 56 mols de pessoas por segundo. A maioria absoluta indo para a Z”L (“De Abençoada Memória”, para os judeus, ou “Zelê” para a galera que não mora em Jerusalém), onde todo mundo mora, vamos ser francos montoros. Todo mundo, inclusive eu e você!…

Bem, ultimamente o sistema anda dando alguns pales, algumas BSODs, o que deixa o público ligeiramente contrariado. E a última foi quando um trem parou na Estação Perdo IIº. A princípio, pensou-se que era por causa da estação, em um programa de estímulo ao uso de estações em desuso, já que o grosso da galera desce em Estudantes, no bairro de Caixa-Prego. Mas o que aconteceu em seguida é que todos os trens que estavam andando pararam, as pessoas saíram e começaram uma peregrinação pelas linhas e trilhos do Retrô. Os passageiros aproveitaram uma brecha na legislação e começaram a entoar cantigas não mais permitidas em estádios de futebol, aquelas escritas originalmente por Dersy Gonsalves. As multidões caminhavam e cantavam seguindo a canção, somos todos iguais, braços dados ou não.
Ao chegarem nas estações, a cantiga muda e passa a ser Vale tudo, de Tim Maya, também conhecida como a música tema dos lutadores de MMA. Com um ligeiro mashup de Não se reprima, pois alguns passageiros também gritavam à valer, porquê “é relaxante e faz bem à cabeça”.
Enfim, um dia deveras trancöílo na Cidade Maravidjôssa. O saldo foi de 275 reais e 38 centavos.

Depoimentos sortidos à granel
Maria Idelfonso Pajares, de 2& anos: “O ar estava irrespirável! Tinha um cabra lá dentro, de celular, que estava passando trote em um tal de Chico Butique, e estava poluindo o ar, e as janelas não abrem, então arrebentamos as janelas, como se o nosso time tivesse perdido!”
Edelweiss Prosdócimo 2 portas com Freezer, 17,4 anos: “O trem brecou de repente, pá! Aí os tiozinho tudo deu salto mortal pra frente, foi mó loco, véi.”
Torta de Maçã do Amor Gonçalves, 7H anos: “É muita irresponsabilidade! O locutor do trem mandou a gente pra aquele lugar (estação não constante do mapa do sistema) e colocou um CD do Gansos en Rouses muito alto… Esses concursos públicos não são mais como eram antigamente!”
Pedro Petronilho Perreira, P4 anos: “È inadmnissível! Vênho achi desde quando era limnha de trem puxado por búrros! A estacção Pêrdo II tinha êle próprio como lanternêiro! Núnca aconteceu semelhante mixórdia em tôdos estes anos usando o transporte públicho! Assaz escassez de intercursos carnais, ao retornar àos meus aposentos, hei deveras de proferir torpezas ao ‘Toíter’! Coracção, ésse dois, ésse dois!”
Wallace Kabomem de Oliveira, 19 anos e meio, funcionário da TV Salt Cover: “Véi, na boa. Já andei na montana russa do Preicênter, sacolejava menos, a galera gritava muito menos… e lá a gente chegava no destino na hora cerrrta!”

Os trens parados e a galera peregrinando pelos trilhos foram destaques na imprensa nacional e internacional. Um locutor da Focs Níus começou a rir ao ler os números da rede. “Desculpem, mas… parece o Cubs!  Hi hi hiiii…”
No começo da noite, o Retrô, que ultimamente não deixa passar nada embranco (inclusive opinou sobre os últimos debates e sobre as escalações das equipes na copa da África do Sul) soltou uma nota. Desafinada, mas tudo bem. Já já vai ser jurado do Xou de Calouros!

Comunicado do Retrô de São Paulo expõe a visão imparcial e isenta dos fatos tais quais este se apresentam.

Comunicado do Retrô de São Paulo expõe a visão imparcial e isenta dos fatos tais quais este se apresentam.

Com imagens de Mestre Vitalício, Albino Negresco para o SP VT !

Anúncios

Hoje a noite é nossa e não tem pra ninguém!

1 abr

Alô você que acessa este blog esquecido pela humanidade. Inphormamos em primeira demão que a Salt Cover está de volta.
Não, não é a rádio, é a TV mesmo! (E não é mentira, também!)
Hoje
, às 21h15, horário de Brasília (bibi, fonfom!), o Barril pára! (Barril-ril-ril…) Com um vídeo INÉÈÈÈÈÈDITO no ar!

E o nome agora é tvsaltcover! Guarde este nome: http://www.youtube.com/tvsaltcover Chegando!!

12 de dezembro, um dia para grandes encontros

12 dez

A partir do meio-dia, tem evento no restaurante tex-mex Chilango -Rua da Consolação, 2731, esquina com a Alameda Jaú, Jardins, San Pablo, SP!

Um evento que reunirá fãs de Chaves e Chapolin, com a participação de alguns dos dubladores da série. Incluindo o inédito em eventos Osmiro Campos (o professor Girafales) e o encontro das duas dubladoras da Chiquinha (Sandra Marah e Cecília Lemes). Além, claro, do Berriel, que já está no ar com seu primeiro personagem sem ter nada a ver com as séries CH: o Michael Knight de “A Nova Super Máquina”.
(PS: Chaves tem tudo a ver com a Cover, nosso vídeo mais assistido no YT é com ele, várias vezes por dia…)

Arram. E mais alguém.

Um certo homem barbudo e careca – e o que tem de careca tem de sem vergonha, segundo a Dona Florinda – estará com uma honorável filmadora prateada nas mãos. Ou se esbaldando com os produtos do Chilango.
Dizem que ele tem muito a ver com a Salt Cover. Dizem.

Cobertura de Chantily Completa! CerVeja tudo o que rolou na escolha da çede das Holimpíada!

4 out

AS 14 horas, 36 segundos e 69 centésimos de hoje, foi anunciado um resultado muito esperado.
– And the winner is… Roberto!¹… digo… Rio de Rranêro!
– ÊÊÊÊÊÊE *grito equivalente à seleção da copa de 82 ganhar de 13 x 12 da seleção de basquete dos EUA em Los Angeles com 9 jogadores só com a torcida adversária e o juiz roubando, com gol de Sócrates aos 48 do segundo tempo*
Na entrevista coletiva, o salão lotado com os 8 jornalistas brasileiros que cobriam, por acaso o evento. The President Lule tentou falar à respeito:
– Companheiroƒ, eƒte é o dia mais feliƒ da minha vida, ƒnif, ƒnif… Por outro lado, estou ƒorando mais do que no dia em que cortei o dedo. Alguém tira essa ƒebola daqui que vai empeƒtear todo o meu terno? Tƒank you.
Ben
10, como eu diƒia, o Rio de ƒaneiro é uma daƒ potênƒiaƒ reƒionaiƒ do Braƒil, onde tudo comeƒou. Foi no Rio de ƒaneiro que naƒeram Adão e Eƒa. Depois, foi no Rio que o poƒo iƒraelenƒe ƒegou à Terra Prometida. Enƒim, ƒoi um Rio que paƒou em minha vida… E agora, o Rio ƒerá a ƒede das Olipíada. Mal poƒo eƒperar para ƒinalmente ƒaƒer, lá naƒ arquibancada do Maraca, o famoƒo painel humano que nem fiƒeram em Moƒcou e Loƒ Angeleƒ, eu era lá, noƒinho, 20 anos, o petê ainda era combatido pela ditadura e penƒava, um dia ainda vamoƒ faƒer isso no Braƒil!
– Seria pogque em Moscou o govegno ega comunista, Sr. Pgesidente?
– Quem deiƒou eƒe vornaliƒta entrar aqui dentro? Bom, o ƒio de ƒaneiro ƒerá uma ƒidade de primeira, que nem a ƒua emiƒora, Dorneles. O ƒio terá maiƒ ƒegurança, emprego, educaƒão, transporte, moradia, e cantoreƒ cantando ƒingleƒ idiotaƒ ƒalando de tudo iƒo – que aliaƒ era aquele peƒoal que cantava a múƒica do Maluƒ.
– Podemos concluir então que o Rio será Valter Trisney Uôrlde, Sr. Presidente?
– Não, porquê noƒio de ƒaneiro os ƒeguranƒas não ƒão impedir voƒê de maniƒeƒtar a ƒua ƒé, não vai ter aqueleƒ cantoreƒ bregaƒ no meio da rua e nem aquelaƒ atraƒões do tempo do onƒa quando o Triƒney era vivo. Vai ƒer tudo novo, com ƒeiro de ƒimento e pó de geƒƒo no ar.
– J. E. S. O.! Compreendeu?
– Obrigado, ƒeu Madruga. Ah, ƒim. E ƒe o Carnaƒal já era aquelaƒ coiƒaƒ ƒEM os ƒogos olípicos, que dirá agora. Oƒ atletaƒ eƒtranƒeiroƒ terão total aƒiƒtência para ter ƒeus ƒilhos em ƒolo braƒileiro. E ƒuas mãeƒ (ou paiƒ, ou alguma coiƒa no meio diƒƒo) terão o Bolƒa Olípica, a evoluƒão poquemon do Bolƒa-Famílha.
– E os investimentos nas categogias de base, Sg. Pgesidente?
– Noƒa, obrigado, eu nunca ƒui promovido quando preƒtei o Eƒército… Bem, aí é com o Andrêiƒ. Maƒ o terrão ƒempre nos dá boaƒ ƒurpreƒaƒ.
– Outra coisa. Quem assina os cheques?
– Ora, que bobaƒem. O Quia, claro!

Voltamos à qualquer jumento com bais desinformações sobre o maior feito da nação brasileira dos últimos 509 anos (falta ainda colocar um longa-metragem animado nos cinemas americanos e mandar um homem à Lua, não necessáriamente nesta ordem)!  Salt Cover nas Olimpíadas 2016, Rio melhor quem Rio por último.

_______________________
¹ Referência ao Oscar de 1998, evento ainda não completamente engolido pelos brasileiros.

Família dá (ou não dá) maiores detalhes sobre el juneral de Jichael

7 jul

Em comunicado opisial, a famíglia do cantor Jichael Mackson declarou que não iria dar maiores detalhes do evento. Ou sim? Ah, sei lá. Veja (IstoÉ) o oomunicado:

Tá, o inglês não é uma maravilha, mas tá mais bem feito que a "ficha" da Dilma Rousseff, que a Folha publicou na capa!

Com toda essa precisão de detalhes, nossa equipe de reportagem preparou as malas e já esteve em Praga, na Tchecoslováquia, para cobrir o torneio de tênis do Vietnã. Sylveira Netto para a Salt Cover.

O jornal Cover do Povo informa em edicção écstraordinárica!

22 jan

Cover do Povo! Se espremer, sai catchup!
O Afuken já foi abordado em mangás como "The Old Cólicas Turm"
O Afuken, passo a passo. Cover do Povo prestando um desserviço à comunidade.

Informou o jornal Cover do Povo, o único jornal imune a buscas indevidas de palavra-chave!

Ao Morto: Crube das Oíncz, Trolzz e as UÍTCH celebram o Dia de Ação de Desgraças

31 out

Bem, amigos da Salt Cover! Rrrrio de Janeiro! O Aterro do Fluminense está lotado de seres horrendos, que ouvem o discurso de Erre o Pote, celebrando esta data de hoje, o dia de Pomarola!… Agora… Vamos para o Palácio dos Horrores, digo, das Convenções do Anhembi, São Paulo, com Sernando Vanússi!
– Alô vocêêê, Galpão! Pois é. E aqui, no Sambódromo do Anhembi, a galera vibra com o desfile do Crube das Uíncz. Onde elas assumem de vez, Galpão, o que realmente são: super, super modelos. Cada uma delas tem em média 1 metro e 88 de altura, a mais pesada tem 43 quilos, elas tem que fazer furinhos antes do primeiro na pulseira do relógio, e como elas são brúcsas, ninguém reclama que não tem nenhuma gorda, nem mesmo entre as vilãs. Ninguém, nem mesmo Olalho de Carvavo ou Diogo Mainarde. E aqui no Anhembi, elas deitam e rolam por aí! Embora deitar e rolar, para elas, exija um certo esforço. Agora, elas agarram essa oportunidade de se perfazerem em frente a uma multidão ensandecida, embora “agarrar”, para elas, com aquelas “mãos de Rosalyn” que elas têm, também exija um certo esforço.  E no pavilhão de exposiçães, as Trolzzzzzzzz… ronc… hã? Ah sim, aquelas mina com os cabelos todos arrepiados e do tamanho delas próprias, estão demonstrando uma nova linha de secadores de cabelo.
– Eles secam mesmo! Aquela sua amiga que parece um comercial de xampu vai ficar é CARECA! Rererere…
– Usado e aprovado por Daiane dos Santos, não é, Galpão?
– Háaaaaja coração, amigo! E outros órgãos do corpo humano, que nestes dias, de confraternização entre as nações, ficam expostos em estacas atraindo as mmmmmoscas azuis do poder. Bem amigos da Salt Cover, continuamos aqui, ao morto, com a cobertura especial de chocolate, de mais, um, Dia de Ação de Desgraças. Cover e você, tuuuhuhuHUhudo a ver!

Realizamos o sonho do Brasil e mandamos o Galpão Bueiro pra China!!

6 ago

BEEEEEM amigos da Salt Cover! Falamos ao vivo e em definitivo, direto da China… Aquela que bem disse Ronald Reagan: “A China é um grande país, habitado porr milhões de chineses!” A China do macarrão, da seda, da porrrcelana, dos fogos de artifício, do pastel, e do caldo de cana! E do bambu, Sylvio! Além de ser onde foi feito aquele conjunto de cristal alemão que você comprou pra patroa, éééé…. E a torcida canta: “E Marco Polo, viu Kublai Kan, que era o rei da China, conheceu Gengis Khan…” E agora, o sooomm do OLODOOM!!! O quê, eles ainda estão dormindo?? Ahh, deixa pra lá, voltamos já. Cover, a gente se vê por aí! Beijing, beijing, xiao-xiao!