Cobertura de Chantily Completa! CerVeja tudo o que rolou na escolha da çede das Holimpíada!

4 out

AS 14 horas, 36 segundos e 69 centésimos de hoje, foi anunciado um resultado muito esperado.
– And the winner is… Roberto!¹… digo… Rio de Rranêro!
– ÊÊÊÊÊÊE *grito equivalente à seleção da copa de 82 ganhar de 13 x 12 da seleção de basquete dos EUA em Los Angeles com 9 jogadores só com a torcida adversária e o juiz roubando, com gol de Sócrates aos 48 do segundo tempo*
Na entrevista coletiva, o salão lotado com os 8 jornalistas brasileiros que cobriam, por acaso o evento. The President Lule tentou falar à respeito:
– Companheiroƒ, eƒte é o dia mais feliƒ da minha vida, ƒnif, ƒnif… Por outro lado, estou ƒorando mais do que no dia em que cortei o dedo. Alguém tira essa ƒebola daqui que vai empeƒtear todo o meu terno? Tƒank you.
Ben
10, como eu diƒia, o Rio de ƒaneiro é uma daƒ potênƒiaƒ reƒionaiƒ do Braƒil, onde tudo comeƒou. Foi no Rio de ƒaneiro que naƒeram Adão e Eƒa. Depois, foi no Rio que o poƒo iƒraelenƒe ƒegou à Terra Prometida. Enƒim, ƒoi um Rio que paƒou em minha vida… E agora, o Rio ƒerá a ƒede das Olipíada. Mal poƒo eƒperar para ƒinalmente ƒaƒer, lá naƒ arquibancada do Maraca, o famoƒo painel humano que nem fiƒeram em Moƒcou e Loƒ Angeleƒ, eu era lá, noƒinho, 20 anos, o petê ainda era combatido pela ditadura e penƒava, um dia ainda vamoƒ faƒer isso no Braƒil!
– Seria pogque em Moscou o govegno ega comunista, Sr. Pgesidente?
– Quem deiƒou eƒe vornaliƒta entrar aqui dentro? Bom, o ƒio de ƒaneiro ƒerá uma ƒidade de primeira, que nem a ƒua emiƒora, Dorneles. O ƒio terá maiƒ ƒegurança, emprego, educaƒão, transporte, moradia, e cantoreƒ cantando ƒingleƒ idiotaƒ ƒalando de tudo iƒo – que aliaƒ era aquele peƒoal que cantava a múƒica do Maluƒ.
– Podemos concluir então que o Rio será Valter Trisney Uôrlde, Sr. Presidente?
– Não, porquê noƒio de ƒaneiro os ƒeguranƒas não ƒão impedir voƒê de maniƒeƒtar a ƒua ƒé, não vai ter aqueleƒ cantoreƒ bregaƒ no meio da rua e nem aquelaƒ atraƒões do tempo do onƒa quando o Triƒney era vivo. Vai ƒer tudo novo, com ƒeiro de ƒimento e pó de geƒƒo no ar.
– J. E. S. O.! Compreendeu?
– Obrigado, ƒeu Madruga. Ah, ƒim. E ƒe o Carnaƒal já era aquelaƒ coiƒaƒ ƒEM os ƒogos olípicos, que dirá agora. Oƒ atletaƒ eƒtranƒeiroƒ terão total aƒiƒtência para ter ƒeus ƒilhos em ƒolo braƒileiro. E ƒuas mãeƒ (ou paiƒ, ou alguma coiƒa no meio diƒƒo) terão o Bolƒa Olípica, a evoluƒão poquemon do Bolƒa-Famílha.
– E os investimentos nas categogias de base, Sg. Pgesidente?
– Noƒa, obrigado, eu nunca ƒui promovido quando preƒtei o Eƒército… Bem, aí é com o Andrêiƒ. Maƒ o terrão ƒempre nos dá boaƒ ƒurpreƒaƒ.
– Outra coisa. Quem assina os cheques?
– Ora, que bobaƒem. O Quia, claro!

Voltamos à qualquer jumento com bais desinformações sobre o maior feito da nação brasileira dos últimos 509 anos (falta ainda colocar um longa-metragem animado nos cinemas americanos e mandar um homem à Lua, não necessáriamente nesta ordem)!  Salt Cover nas Olimpíadas 2016, Rio melhor quem Rio por último.

_______________________
¹ Referência ao Oscar de 1998, evento ainda não completamente engolido pelos brasileiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: