Chico Anysio, você também faz parte da nossa história. Ou quase.

2 abr

Em 1985 ou 1986, não me lembro, dois dos filhos de Chico Anysio fizeram uma sátira de telejornal exibida pelo programa Video Show, com gerador de caracteres (o inspirador original da Rede Rounded) e tudo. Assim como era também o Jornal do Lobo, que eu achei sensacional por satirizar alguns detalhes da época, como os apresentadores com vários microfones de lapela em vez de um só.  Não me lembro quem seriam eles. Talvez Bruno Mazzeo fosse um deles, pela idade que ele tem hoje, sei lá.  Assistindo aquele jornalzinho tão bem-feito, pensei, mesmo sem ser um precursor de Zeca Pimenteira: caramba, ainda quero fazer alguma coisa assim… mesmo que em 1986 aquilo fosse impossível para uma pessoa física que não gravasse casamentos. E talvez pensando um pouco naquilo que começaria a gravar vídeos caseiros durante alguns meses em 1987 (com uma câmera Panasonic que não aguentou…) e de 1995 em diante, com uma 8mm da Sony. E talvez pensando mais um pouco naquilo que de 2004 em diante estou tentando reconstituir a fonte daquele gerador de caracteres. Antes do TV Pirata, sim, aqueles dois garotos plantaram uma semente, que brotou e virou esta erva desgraçada que nossos telespectadores queimam até a última ponta, a Televisão Salt Cover.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: