Arquivo | 10:57 pm

Drama: Continua o calvário de Leona Alfaômega e Kaco Roddrigues

4 jun

O mundo está estupefato com a rigidez das leis brasileiras em determinados pontos. E a espada da gustissa continua apontada para uma dupla outrora muito querida neste país: de acordo com decisão da Libertadores da América com placar de 5×3 nos pênaltis, os atores, modelos e cantores Leona Alfaômega e Kaco Roddrigues agora precisam usar tornozeleiras eletrônicas, equipadas com GPS, do mesmo modelo usado pela Bispa Reginalda Rossi, da Arquidiocese de Sprigfield.
“Eu não aguento mais”, desabafou Leona, em entrevista exclusiva ao programa Çabbá Chou, da SNT. “É muita humilhação, p%#@. Tudo o que fizemos foi chutar o pára-brisa do Santana 87 da reportagem do pã… digo, do programa que queria nos entrevistar. Quanto-custa-um-pára-brisa, me responde??”
“Menos que um merchã, com certeza! A vida é um aprendizado, né, Kaco?”
“É verdade. Não aconteceu nada, gente, nada! Quantas vezes na minha vida eu já quebrei a coluna cervical? Quem nunca quebrou três costelas jogando bola? E hoje, estou aqui, Çabbá! As próteses oculares estão a cada dia mais perfeitas e confortáveis de usar”, acrescenta Kaco.
“Quanta gente não usa gasolina para queimar automóveis que não tem mais serventia? Tá, reconheço, não é legal, não é ecológico, mas… todo mundo tem seu dia de Robert DeMilho [daquele filme que o cara fica estressado, pega uma metralhadora e sai atirando em todo mundo]”.
“E aí, projetos, Leona?”
“Sei lá. Tentar voltar pro programa Calça Saint-Tropez, do JNT… Tentar viver a vida. Já medi, dá pra eu ir até o estúdio desse programa. A vida vem em ondas como o mar, já dizia Jodair Osé.”
Segundo a decisão, Leona e Kaco continuam proibidos de pisar em solo brasileiro, mesmo morando nele, até o dia do Juízo Final. “*BIIIIP* de salto plataforma!”, diz Kaco. “Se ainda houvesse uma chance de a gente mostrar que somos engraçados, que conseguimos cativar a galera…”

Poucos, entre o público, defendem o casal. Mas eles existem, como Férguson de Avellar, mediador da comunidade “Leona e Kaco, estamos com vocês”, do Youkut. “Leona e Kaco, estamos com vocês!”, diz, lacônico, Avellar, à nossa, reportagem. A comunidade, inaugurada em 2003, tem 4 membros, 3 deles fakes. Nossa reportagem deixou scraps nos perfis de Skubidú, Snoopield e de Zakko Zarner, que não responderam até o fechamento da matéria.
A assessoria de imprensa de ambos, feita por Zillion Alfaômega, 7, irmão de Leona, agradeceu o nosso interesse mas pede que intercedamos por eles nas Nações Unidas (aquela avenida que fica na Marginal Pinheiros, se não me engano) e que a gente leve as fotos deles pro bispo orar no monte. É duro conter as lágrimas em reportagens como essas, mas para todos nós, a vida precisa continuar. Com imagens de Paulo Recruta Zero, Sônia Brida para a Salt Cover.

Anúncios